Home
PRF apreende cerca de 500 pássaros silvestres na BR 101 em Viana PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Sex, 24 de Agosto de 2018 14:22

Além das aves, também foram apreendidos 10 répteis da espécie “cágado”, popularmente conhecido como jabuti.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã desta quarta-feira (22), cerca de 500 (quinhentas) aves silvestres e 10 (dez) jabutis no Km 304, da BR 101 em Viana/ES.

A apreensão ocorreu durante fiscalização com foco no combate à criminalidade, quando policiais abordaram o veículo GM/Onix de cor branca e observaram grande volume coberto por lençóis no banco traseiro.

Questionado do que se tratava, o condutor alegou que transportava no banco traseiro e no porta-malas cerca de 500 (quinhentas) aves, todas encarceradas em gaiolas e sem anilhas do IBAMA. O condutor informou ainda, que havia alugado o veículo para o transporte das aves, adquirindo-as de desconhecidos nos municípios de Cruz das Almas/BA e Santo Estevão/BA, pagando por cada uma a quantia de R$2,00 (dois reais), com intuito de revendê-las no varejo em uma feira no município de Belford Roxo/RJ.

Durante vistoria minuciosa no veículo, foram contabilizadas 13 (treze) gaiolas em péssimo estado de conservação e diversas aves da espécies Sporophila caerulescens (vulgarmente conhecido como “coleiro papa-capim”), Sporophila albogularis (vulgarmente conhecido como “brejal”), Icterus jamacaii (vulgarmente conhecido como “corrupião”), Zonotrichia capensis (vulgarmente conhecido como “tico-tico”), Paroaria dominicana (vulgarmente conhecido como “cardeal do nordeste”), Sporophila nigricollis (vulgarmente conhecido como “coleiro laranjeira”), além de 10 répteis (cágados) presos em uma caixa. Todos sem anilha de identificação ou registro no IBAMA.

O condutor alegou que trabalhava com a comercialização de animais silvestres há algum tempo, e que possuía o contato de outros compradores/vendedores desses animais em seu celular.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao autor, o qual responderá por crime ambiental e receptação, sendo encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as providencias cabíveis. Já os pássaros e jabutis, serão realocados pelo órgão ambiental ao seu habitat natural.

 

 
UPRB | Casa do Inspetor | União do Policial Rodoviário do Brasil Criação de sites Petrópolis